Pesquisar

Pesquisa personalizada

sábado, 27 de junho de 2009

Doença com o maior índice de mortalidade


Anorexia pode matar 15% dos adultos que sofrem com a doença. A informação é da Sociedade Alemã para Distúrbios Alimentares. Grupo diz que doença precisa ser levada 'muito' a sério.

Dos adultos que sofrem de anorexia, 15% poderiam morrer devido à doença, segundo informou nesta quarta-feira o presidente da Sociedade Alemã para Distúrbios Alimentares (Dgess, na sigla em alemão), Manfred Fichter, que classificou a anorexia como "a doença física com maior índice de mortalidade".

Fichter declarou que a maioria dessas mortes ocorre por causa dos sintomas da doença, embora tenha acrescentado que o número de suicídios entre esses pacientes "é alto".
"Só a metade dos doentes é capaz de vencer completamente o problema", afirmou o presidente da Dgess, que participa no sul da Alemanha de um congresso sobre distúrbios alimentares.
Fichter considera importante "levar muito a sério" os que sofrem com o problema, que costumam ser "alvo de brincadeiras". Segundo dados da Dgess, cerca de 6% das mulheres alemãs de 15 a 35 anos sofrem com algum tipo de transtorno relacionado com a alimentação, seja anorexia ou bulimia.

A proporção desses distúrbios no sexo masculino aponta para um caso entre dez do sexo feminino. "Os homens querem ter músculos e com a anorexia vêem que emagrecem demais. Por isso é mais fácil motivá-los para que voltem a comer", declarou Fichter.
Entre as principais causas da doença, o presidente da Dgess citou o estresse e graves problemas de auto-estima, que em algumas ocasiões estão vinculados a quadros de depressão.
"O paciente pensa unicamente em comida, alimentação, peso e imagem", concluiu Fischer, que acrescentou que o tratamento dos distúrbios "não é simples", já que os medicamentos "não ajudam" na hora de atenuar "os principais sintomas da doença".

Fonte: EFE

Um comentário:

onibus brasil disse...

muito bom o conteudo
gostei valeu pelas
informaçoes.