Pesquisar

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Pulseiras

pulseiras ana miaFiquem atento ao uso de pulseiras em seus filhos, pois além de simples acessórios elas podem ser identificadoras de um distúrbio alimentar.
  • Meninas usam pulseiras de miçangas ou fitinhas.
  • Meninos usam pulseiras de borracha.


Elas são classificadas pelas cores:
  • Branca e Preta: identifica quem tem anorexia (ana) e bulimia (mia).
  • Vermelha: identifica quem tem anorexia (ana)
  • Roxa: identifica quem tem bulimia (mia).


Ainda existem as siglas e suas pulseiras:
  • NF (no food) = sem comida. Elas ficam o dia todo sem comer, as vezes ingerem água. Pulseira identificada com a miçanga rosa.
  • LF (low food) = comidas leves. Podem ser ingeridos legumes e alguns vegetais. Pulseira identificada com a miçanga transparente.


Quem também faz o uso das siglas, pode fazer a seguinte combinação:
  • Anorexia: pulseira de miçangas que intercalam as cores vermelha, transparente e rosa.
  • Bulímicas: pulseira de miçangas que intercalam as cores roxa, transparente e rosa.
  • Anoréxicas e Bulímicas: pulseira de miçangas que intercalam as cores preta, transparente e rosa.


Peso e aparência

balança e trenaJá sabemos que o peso e a forma corporal tem visão distorcida nas pessoas com anorexia, isto é, alguns acham que tem excesso de peso. Já outros percebem que estão magros, mas se preocupam e implicam com o fato de certas partes de seu corpo, particularmente abdômen, nádegas e coxas, estarem "muito gordas".

Eles usam várias técnicas para estimar seu peso, como pesagens excessivas, medições obsessivas de partes do corpo e uso persistente de um espelho para a verificação das áreas ditas "gordas".

A autoestima deles depende de sua forma e peso corporais. A perda de peso é vista como uma conquista notável e como um sinal de extraordinária autodisciplina, o ganho de peso é percebido como um inaceitável fracasso do autocontrole.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Depoimento: Para Sempre

visão distorcidaDepoimento deixado na postagem Desabafo de um Anoréxico:  "O chato é quando vc quer ajuda e vc tenta contar as pessoas que vc acha q vai te ajudar e elas não acreditam! daí é difícil sair dessa sozinha o que acontece.. ? vc passa a viver nessa vida com a Ana para sempre. Ane Abbey"

Sim você tem razão! As vezes pedimos ajuda para as pessoas, umas pensam que é brincadeira e não dão atenção, outras não se importam porque tem uma vida pra viver, já possuem seus amigos e não fazemos parte dela. Não têm tempo pra outras pessoas.

Se isso acontecer o melhor que temos a fazer é procurar sozinhos ajuda de um profissional, como um psicólogo ou um  psiquiatra. Se não vamos ficar com ela para sempre ou melhor ela vai ficar com nós e nos levar para outro mundo.  

Seja forte !!

domingo, 20 de novembro de 2016

Principais Benefícios do Método Maudsley

método maudsleyEstudos recentes têm mostrado que as crianças que usam o Método Maudsley se recuperam da anorexia de forma mais rápida e são menos propensos a sofrer recaídas, também é mais rentável e menos traumática para a criança como eles são capazes de se recuperar em casa ao invés de ficar longos períodos em um hospital ou clinicas para distúrbios alimentares.

domingo, 16 de outubro de 2016

Medo intenso de ganhar peso

medoEste medo existe mesmo a pessoa estando com seu peso abaixo do normal, pois a visão distorcida no espelho faz a pessoa se achar sempre gorda.
O desespero aumenta quando o paciente não sabe como realmente é, então os esforços nunca irão parar até que você o ajude.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Depoimento: festa de aniversario

anorexia imagemPorque não posso ser normal, todo mundo come e bebe nas festas de aniversários. Aqueles doces maravilhosos e eu não consigo comer somente podia experimentá-los, pois aumentariam muito meu peso.  Fui ate a mesa me servi um de cada e apenas experimentei um pedacinho de cada um e dava aos meus pais, por que assim... e o pior era as pessoas me olhando..

Caso sério né?

Comer é algo tão simples na vida, mas para pacientes anoréxicos é algo que a mente os proíbe. É uma tortura....

Se você notar este tipo de atitude em seus filhos, converse com eles, não deixe passar como uma situação ‘boba’. Você pode ajudar a salvar a vida dele.

Nunca julgue ou ria de um pessoa que está passando por essa doença. Ainda mais se você não conhece !!

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Método Maudsley - Fases

famíliaConheça as três fases do tratamento com o método Maudsley para anorexia

A primeira fase se concentra em incentivar a normalização de comer e tem como objetivo obter o controle dos padrões de transtornos alimentares. Nesta fase a principal ferramenta é realizar refeições em família auxiliando a restauração do peso com o apoio dos pais.

 Na fase dois o terapeuta ajuda os pais a demonstrar para criança a sua responsabilidade em se alimentar.

A fase três se concentra em ajudar a criança a manter uma identidade saudável.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Depoimento: O salgadinho do lixo

barqueteCerta vez em um passeio por um parque avistei uma festa de aniversario em uma das salas, olhei aqueles doces e salgados e sabia que não podia nem chegar perto principalmente com as pessoas me olhando. 

Quando todo mundo saiu de lá, fingi olhar um lago, pois lá perto havia uma lixeira onde avistei meio salgadinho no lixo, ele parecia uma joia rara sem ninguém me ver eu o peguei e comi, pois sabia que jamais compraria um daqueles pra mim. Foi muito arrependimento depois de ter feito aquilo, mas é incontrolável.

Mais um depoimento que comprova que a anorexia faz da sua vida um pesadelo, não lhe deixa usufruir de coisas simples da vida.

domingo, 18 de setembro de 2016

Método Maudsley

Método Maudsley
A abordagem ou método de Maudsley foi desenvolvido na década de 1980, o Hospital Maudsley, em Londres. 

Com eficácia comprovada é utilizado principalmente com a finalidade de restauração do peso e é destinado a crianças e adolescentes que têm vindo a sofrer de anorexia por um período de menos de três anos.

Nesta abordagem os pais levam a recuperação da criança com o apoio de um terapeuta familiar, diferente de outras terapias que muitas vezes a criança fica em tratamento longe de casa e do ambiente familiar em uma enfermaria de hospital.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Depoimento: Roubou minha vida

Você chegou como se estivesse brincando  mas permaneceu muito tempo, levando embora minha família, meus amigos, minha adolescência, meus sentimentos e não me permitiu ter sensações de uma menina  moça normal, tirou minha motivação, minha alegria, me fez ficar em um mundo vazio sem saber onde estou e quem sou.  Depois de muito tempo foi embora mas insiste em voltar as vezes... porque não leva junto as sequelas que me deixou, me deixa viver em liberdade.... 

Se você se sente assim, não permaneça, peça ajuda... 

Pais prestem atenção nas palavras dos seus filhos.