Pesquisar

Pesquisa personalizada

sábado, 27 de agosto de 2011

Depoimento Courage

courage
Olá Gostaria de agradecer pelo depoimento deixado na postagem : Sofro de anorexia . Achei interessante publicar para que as pessoas vejam a intensidade do mal que fazem em isolar os outros. Entendo muito bem o que você sente. Depoimento :

Olá, Sofro de ANOREXIA NERVOSA, também de TRANSTORNO BIPOLAR e DEPRESSÃO. Tudo começou porque eu sofria muito com Bullying na escola, Me Chamavam de "Monstro" e outros apelidos, Me tiravam dos jogos, ninguém ficava com a "Mostro do colégio" por eu ser muito gordinha. Na hora, eu nem demonstrava que estava triste mais isso doía e doi ainda muito em mim. Decidi que estava na hora de fazer uma DIETA. No começo eu até comia O almoço e jantar, Mais depois o MEU ESTOMÂGO COMEÇOU A NÃO ACEITAR + NADA. Começei a esconder comida e jogar fora,não tomava mais café nem lanche na escola. Tinha dias que eu só comia um pouco do almoço ou só água mesmo. Eu sempre pensava que estava gorda precisava emagrecer de qualquer forma com saúde ou sem saúde só queria ser como minhas amigas. Já tentei forçar o vômito, senti várias vezes vontade de sumir e me matar. Minha mãe muitas vezes me obrigava a comer,Pra mim era um sacríficio, me trancava no quarto e começava a chorar de arrependimento. Eu Perdi 34KG Pesava 98Kg COM 1.78M e cheguei a 64KG.

Chegou um Momento que quando eu fui com a minha mãe pro shopping eu desmaiei, Foi a segunda vez,a primeira foi na escola e meu amigo me ajudou a levantar. Então fui levada pro HOSPITAL E ME DERAM 3 SOROS POIS ESTAVA MUITO DESIDRATADA, e constataram que eu estava Anêmica, Meus Leucócitos estavam baixos (os que defendem o organismo), estava com plaquetas baixas, a minha menstruação não vinha Há 5 meses, e estava com Gastrite devido ao longo tempo sem comer.

SINTO QUE ESTOU NUM MEIO DE UMA GUERRA, É MUITO DIFÍCIL ACHO QUE SÓ ENTENDE QUEM PASSA POR ISSO, ESTOU ME TRATANDO COM PSÍCOLOGO, NUTRICIONISTA E PSIQUIATRA. JÁ AUMENTEI 4kg MAIS PRECISO AUMENTAR MAIS, PEÇO FORÇAS A DEUS PORQUÊ É UMA LUTA MUITO GRANDE ALGUNS DIAS EU CONTINUO A LUTAR PRA ANDAR NA LUZ.

QUEM SOFRE DISSO,GOSTARIA QUE ESCUTASSE ESSA MUSICA: "COURAGE" DA BANDA SUPERCHICK, FALA SOBRE TUDO O QUE NÓS PASSAMOS, É MUITO LINDA :)



segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Anorexia Infantil

criançaUma pesquisa americana demonstrou que 25% das crianças tem um tipo de transtorno alimentar. Se analisarmos a rejeição alimentar este número sobe para 80%. Na maioria dos casos, esta rejeição ocorre quando a mãe na hora das refeições oferece alimentos de baixo valor nutritivo ou compara a criança com outra pessoa. A partir disso a criança pode associar a hora das refeições a um momento desagradável e de aborrecimento, criando traumas com os alimentos.

De acordo com a psicóloga Wanderlea Arruda Mattos, a anorexia infantil não tem as mesmas causas da doença na adolescência. A anorexia infantil existe de duas formas:

1) A criança apresenta nítidos apavoramentos diante da comida, consequentemente recusa o alimento e está associada a insônias severas, comportamentos estranhos e isolamento. Este é mais raro de acontecer.

2) O outro tipo é bastante comum e a vida social da criança é normal. Pode começar nos primeiros meses de vida e alastrar-se por anos. Os pais tentam varias formas de fazer a criança comer, o que muitas vezes faz com que a criança crie traumas e rejeite de uma vez a comida. A coerção física e castigos jamais devem ser usados.

Com crianças pequenas, o essencial é os pais ficarem indiferentes com a alimentação da criança, também não devem se mostrar incomodados com a recusa em comer, nem mesmo falarem mais de comida para a criança, na verdade devem deixar a criança à vontade , pois o apetite da criança pequena é mais sensível. Ela pode momentaneamente perder o apetite por várias razões, por estar doente, gripada, ou pelo crescimento dentário.

Na medida em que cresce, a criança anoréxica tende a desenvolver um traço de personalidade que continua na fase da adolescência, a opinião dada por uma pessoa próxima é sentida como uma ordem e a criança acaba sempre dando uma resposta negativa, é como se toda vez que você chamasse a criança para fazer algo ela colocasse na cabeça de que ninguém manda nela, por isso não vai fazer.

sábado, 20 de agosto de 2011

Dicas

anoresia
Para reduzir os sintomas do quadro em que o paciente se encontra é preciso diminuir a pressão cultural e familiar com relação à valorização de aspectos físicos, forma corporal e beleza .

Procure conhecer os riscos de regimes rigorosos e distúrbios alimentares para que você possa ajudar o paciente.

Sabe-se que 90% dos casos, atinge mulheres na faixa de 12 a 23 anos. É uma doença com riscos clínicos, podendo levar à morte por desnutrição.

Estatísticas comprovam que nos últimos anos, um grande número de pessoas apresentam transtornos no comportamento alimentar. Isto está relacionado à importância que se atribui à imagem corporal nos países desenvolvidos e às mudanças observadas nos padrões alimentares da população em geral.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Respondendo

ajuda
Olá hoje respondendo o depoimento do leitor deixado na postagem Depoimento: sofro de anorexia.Link O comentário:

Oie, nossa eu concordo plenamente contigo...Tenho 14anos e não sei, mas minhas amigas tem falado que tenho anorexia e alguns parentes também; mas não sei se tenho ou se tenho e não quero adimitir. Na verdade nem sei mais se estou gorda ou se estou magra, e como você mesmo já disse nem quero saber. Estou meio confusa e na verdade não sei a anorexia e/ou bulimia existe ou nao em minha vida...Mas na verdade nem sei se quero descobrir...Peso 46kg e nao vejo a hora de chegar nos 40 (pelo menos) mas as pessoas parece que querem impidir a gente disso e quaze me obrigam a comer, eu almoço bem pouco e algumas vezes vomito depois.. É essa a 1° vez que estou adimitindo isso a alguém...Nao sei ao certo oq fazer...

Resposta: O que você deve fazer na minha opinião é procurar ajuda pois todos os sintomas relatados, são deste disturbio alimentar a anorexia. Qualquer coisa que precisar conte com o blog e não deixe a doença avançar e acabar com a sua vida!

Se você tiver mais comentários para ajudar nossa amiga que abriu seu coração , deixe aqui suas palavras !

Para ver mais comentários na postagem relacionada siga o link Depoimento: sofro de anorexia

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Gravidez

gravidez
Para se ter uma criança saudável, a mulher grávida devem ganhar entre 25 e 35 kg. Mas não tem como dizer isso a uma pessoa com anorexia. Infelizmente se você é anoréxica ou foi , você pode ter problemas para conceber um bebê isso devido a ciclos menstruais irregulares e ossos fracos.

Mulheres com transtornos alimentares têm maiores taxas de abortos e ainda o bebê pode nascer prematuro o que o coloca em risco. Todas as mulheres grávidas devem receber cuidados pré-natal adequado, recuperando-se de anorexia ou bulimia necessitam de cuidados especiais extra, provavelmente se deverá tomar vitaminas pré-natal e realizar exames regulares com mais frequência que uma gravidez normal. Pode se fazer ginásticas com acompanhamento médico para garantir resistência nos ossos.

E muito cuidado !