Pesquisar

Pesquisa personalizada

terça-feira, 1 de março de 2011

Alarmante

Cada vez mais estão sendo verificados casos de anorexia em crianças de 6, 7 e 8 anos de idade. Segundo a historiadora Joan Jacobs Brumberg, da Universidade Cornell, autora do livro A Historia da Anorexia Nervosa, esse problema já atingiu a geração que hoje tem 40 a 50 anos e o pior é que muitas mães estão passando esta insegurança para as filhas.

A cada nova geração esta situação se torna mais presente, estamos caindo em uma armadilha terrivel: a idéia de que a boa aparência e a magreza são as únicas fontes de poder de uma mulher. Inclusive o livro Thin (magra, em inglês), da jornalista inglesa Lauren Greenfield aborda as reflexões de anoréxicas e traz um caso que demonstra a influência geracional. A americana Polly, que trabalha num estúdio fotográfico no Tennessee, tinha apenas 10 anos de idade quando sua mãe lhe pagava US$ 100 a cada 5 quilos que ela perdesse. Polly se tornou anoréxica. Internada numa clínica na Flórida, ela fez um balanço de como a doença afetou sua vida.

A anorexia infantil foi tema de conferências recentes realizadas pelo Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos. "Não sabemos qual é a explicação para o declínio da idade dos pacientes". Os casos de anorexia infantil estimularam as pesquisas sobre o assunto nos últimos anos. A conclusão a que os cientistas têm chegado é que a cultura da magreza pode ter influência na disseminação da doença. Cada vez mais se acredita, que existem outros fatores que criam predisposição à anorexia. Os médicos vêem semelhanças entre a anorexia, o alcoolismo e a depressão. Os três distúrbios podem ser disparados por fatores ambientais como estresse, emoção ou traumas. Mas as raízes podem ser uma complexa combinação de genes e química cerebral.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá querida. Não consegui ler todos os posts de seu blog, mas gostei bastante da forma que está sendo feito. Parabéns pela iniciativa de alertar sobre essa doença da mente que é tão triste.

Anônimo disse...

Minha filha foi diagnosticada com anorexia nervosa parcial aos 7 anos. Tenho dificuldades de achar estudos sobre crianças, pois seus sintomas e características NÃO são os mesmos das adolescentes e jovens. Não há fatores genéticos envolvidos, nem histórico familiar de dietas, moda ou NADA que seja do universo estético. Pelo contrário, trabalhamos - eu e o pai - na área social, com contextos bem diferntes. Além disso não sofreu traumas, situações de violência etc. A única conexão que vejo é com uma depressão endógena que ela pode ter. Enfim, gostaria de saber se existe mais literaturas ou pessoas com quem eu possa trocar informações e experiências.

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...

14 pessoas antes e depois da anorexia


http://www.mestresabe.com/2015/08/14-pessoas-antes-e-depois-da-anorexia.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/