Pesquisar

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Morte não assusta blogueiras pró anorexia


Nos blogs pró-ana e pró-mia, aqueles que defendem a anorexia e a bulimia, a morte da modelo Ana Carolina Reston aos 21 anos não foi motivo de susto entre garotas que sofrem desses distúrbios alimentares graves e que podem levar à morte se não forem tratados.

"O caso de Ana Carolina não foi o primeiro nem será o ultimo. Por que ninguém entende isso de uma vez? A verdade é triste e dói, mas é uma só", escreveu uma garota em seu blog.

"Eu odeio essa mídia maldita. Só fazem sensacionalismo em cima do sofrimento alheio e ainda chamam atenção para nós. Tá todo mundo no meu pé. Minha "sorte" é que engordei", publicou outra.

Na semana passada, o caderno Folhateen da Folha visitou cerca de 20 blogs pró-ana e pró-mia. Em quatro deles, o medo da morte é claramente menor do que a vontade de estar magérrima. E o que deveria ser um exemplo para uma boa alimentação se tornou uma espécie de estímulo na visão distorcida dessas adolescentes.

Atenta para essa questão, a estudante Carolina Esquilante Melo, 16, aluna do segundo ano do ensino médio, escolheu a anorexia como tema para sua monografia na escola. Ela pesquisou sobre o distúrbio em livros de medicina e nos blogs de garotas vítimas da doença.

"No começo eu achava que anorexia era uma futilidade, que essas garotas só queriam aparecer. Depois percebi que o que elas buscam é uma coisa imposta pela sociedade: essa exigência de ser magra. Elas só querem ser aceitas", diz.

"Todas as revistas falam muito de dieta. Na TV, o padrão de mulher bem-sucedida é sempre uma mulher magra. Acho errada essa imposição, principalmente na adolescência, quando os jovens estão se descobrindo. As pessoas são diferentes e precisam aprender a aceitar isso", ensina a estudante Carolina.

Leia a repercussão da morte da modelo nos blogs pró-anorexia (veja abaixo o glossário referente às pavras em destaque):

1 - "Olá pessoal!!!
NF indo bem. O assunto hoje é outro. Nestes anos q passei entre a Ana e a Mia, já vi muitas garotas morrerem, o caso de Ana Carolina não foi o primeiro nem será o ultimo. Porque ninguém entende isso de uma vez? A verdade é triste e dói, mas é uma só.

Hoje fiquei uns minutos esperando na fila do banco,do meu lado havia uma menina pouca coisa maior q eu e muito, mas muito mais magra mesmo, e na minha frente uma senhora com o corpo q costumam dizer 'normal' a tal mulher reclamava de tudo até da cor do cabelo dos outros, de um momento pra outro começou dizer q a gente tem q se cuidar pra não morrer 'Viu o caso da modelo né?'. Eu, como sou super ZEN, dei um sorriso e deixei ela falar, mas a garota não gostou muito do assunto e deu as costas pra ela, ignorando completamente.

Só estou dizendo isto pra vcs verem q não é motivo pra se assustarem, logo esse povo esquece."

2 - "Não estou muito bem, psicologicamente e fisicamente falando... miando muito, as vezes comendo muito mais do q o humanamente aceitavel, outras ficando s/ comer.. tinha parado de fumar, de beber meus chás.. Eu odeio essa mídia maldita.. só fazem sensacionalismo em cima do sofrimento alheio e ainda chamam atenção p/ nós.. Tá todo mundo no meu pé.. minha 'sorte' é q engordei.. pq se não ia ouvir da minha mãe."

3 - "Definitivamente agora eu me considero uma ana. Estou 4 dias sem comer e completamente sem fome e vontade de comer... Sabe o q me estimulou e ficar assim?? primeiro foi ler um blog de uma menina q estah no hospital por estar 3 semanas sem comer!! e outra... a modelo q morreu essa semana com 40kgs!! ok, deveria assustar, me estimulou... isso eh estranho demais... perdi 5kgs! estou secando... literalmente..."

4 - "Meu luto era óbviu né! pela modelo Ana Carolina Reston... ta q eu eu não conheci mesmo... ñ axo q o MÁXIMO disso é a morte ñ!! ela só keria ser PERFEITA... ñ queria morrer né!"

Glossário

NF - NF é No food (sem comida, em inglês), prática de cortar a alimentação por completo por alguns dias.

Ana - Ana é o apelido carinhoso com o qual as vítimas de anorexia se chamam. A anorexia é um distúrbio alimentar grave que faz com que meninas, mesmo magras, se sintam gordas.

Mia - Mia é o apelido carinhoso com o qual as vítimas de bulimia se chamam. A bulimia é um distúrbio marcado por episódios de compulsão alimentar seguidos de culpa.

Miando - Miar significa vomitar. As vítimas de anorexia e bulimia costumam vomitar para evitar que o organismo absorva os alimentos, muitas vezes ingeridos por pressão familiar ou para satisfazer momentaneamente a vontade de comer.

Fonte : Folha de SP

Nenhum comentário: