Pesquisar

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Pergunta e Resposta: Distúrbios

P: Bom tenho 21 anos há uns dois meses tive um distúrbio alimentar tudo que ingeria, vomitava daí acordei às 2 da manhã com dor no estômago incluindo diarréia e vômitos tive que ir ao médico e ele disse que estava com gastrite fiquei com vergonha de dizer que às vezes tinha este distúrbio depois que fiquei ciente desta doença resolvi me cuidar sozinha. Faço todos os dias um cronograma alimentar tipo hora certa de comer e evito ficar sozinha em casa quando fico invento fazer alguma coisa. Quero saber se estou fazendo certo ou o que devo fazer.

RP (MENTALHELP): Cristina, as medidas que você adotou são medidas comportamentais que podem ser úteis. Você também pode evitar ficar longos períodos sem comer porque isto favorece a ter uma compulsão. Outra coisa é que se você se descontrolar e comer muito deve evitar provocar o vômito ou usar algum meio para eliminar o que comeu porque este comportamento acaba "autorizando" o excesso alimentar, ou seja, você se permite comer um monte de comida porque sabe que depois vai vomitar, e isto mantém a doença por manter o ciclo compulsão-purgação. Se você sabe que não vai vomitar nem usar nada para tentar eliminar o que comeu, então você se esforçará mais para se controlar. Procure comer sempre à mesa de refeição e evitar comer fazendo outras atividades como assistindo televisão, dirigindo ou usando o computador, etc porque sempre que você está comendo e fazendo outra coisa ao mesmo tempo a tendência é comer mais já que você não presta atenção no que está comendo e assim não tem a sensação de ter comido ou de ter comido tanto. Também, procure comer devagar. Estas são algumas orientações que ajudam a controlar a doença, mas é necessário uma avaliação por psiquiatra especializado para definir a necessidade ou não do uso de medicamentos e para te orientar sobre psicoterapia que na maioria senão em todos os casos se faz necessária. Dra. Ilka Ramalho Vecchiatti

Nenhum comentário: