Pesquisar

Pesquisa personalizada

terça-feira, 3 de março de 2009

Depoimento: a cura depende de vc

Sofri de anorexia nervosa há um ano e cheguei a pesar 40kg para 1, 60 m . Fiquei esquelética e quando me olhava no espelho via banha e gordura localizada para todo lado. . . Minha mãe começou a se desesperar e, como havia parado ha 3 meses minha menstruação, me levou ao ginecologista. ele me pediu uma bateria de exames e detectamos que estava com vários problemas de saúde, inclusive anemia. Fiquei desesperada e me dei conta de que teria que engordar. Tinha emagrecido 25 kg por conta própria, e como tenho muita força de vontade, consegui deixar minha compulsividade por emagrecer de lado e começar a cuidar de minha saúde. Engordei comendo muita comida saudável e também o que tinha vontade, o que não fazia ha pelo menos 1 ano, o tempo em que a anorexia tomou conta de mim. Hoje estou muito bem de saúde, sarei de minha anemia e estou pesando 51 kg! não me acho gorda, me acho uma adolescente normal. . . Sou uma prova de que, mesmo quando você esta em plena escuridão, no fundo do túnel sempre haverá um rastro de luz para lhe guiar! -no FIM, tudo dá certo! se ainda não deu certo é porque ainda não chegou ao FIM!! você, que esta doente, tente se conscientizar de que precisa sarar o mais rápido possível, e isso dependo apenas de você!

2 comentários:

'Pictures disse...

É isso aí! Orgulho de você !

Anônimo disse...

É isso aí garota,tbém sofri de anorexia por um período de um ano e meio,pouco tempo,perto de muitas vitimas que também tiveram que enfrentar ou enfrentam tal problema.
Olha,acho que devemos fazer uma corrente de superação e por em divulgação as possíveis curas,até mesmo para levar esperança á familiares e pessoas que estão passando por isso,até msm,porque não se trata de um apoio restrito só a familia,mas sim a sociedade em geral,que a superação não está só durante o tratamento,mas sim até depois deste.É muito comum as pessoas após um episódio que nos levou á procura de um tratamento especifico a uma efermidade tanto física como psicólogica,rotularem tal indíviduo como incapaz ou inferior aos outros,duvidarem de suas capicidades mentais e insanidade mental;gente não é assim que devemos encarar os desafios que a vida nos coloca,e sim enxergar que aquele ser-humano que acabou de superar uma dificuldade é um ser diferencial,mas não de forma negativa,mas sim um exemplo de luta e vitória,até porque nem todos conseguem superar,tanto que se trata de uma doença que apresenta altos níveis de mortalidade.Então veja esse ser-humano não com olhos preconceituosos,de julgamento ou até msm de pena,pois trata-se de um herói que lutou e venceu,merece reconhecimento e respeito.Pq doente todo mundo está propicio a ficar,infelizmente a diversas efermidades,mas o diferencial está naquele que a vence,este é um ser-humano admiravél.
Parabéns pela sua conquista e vitória,e vamos continuar mostrando que tudo nessa vida se recupera,se recicla.
Beijos.....