Pesquisar

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Depoimento de Ana


Sei exactamente o que todas estavam a sentir..

É algo impossivel de controlar, mesmo com o passar dos dias, noites, semanas, meses e até anos. A angústia não desaparece, não muda, apenas começa a fazer parte de nós e a consumir-nos.

Nada em mim faz sentido, não gosto de mim própria, tenho medo do que os outros pensam… Quando estou num local público o meu pensamento está sempre centrado no que os outros vêem e estão a pensar de mim… Este sofrimento é tão doloroso, é tão dificil de aguentar… Sei que não vou conseguir vencê-lo é suficientemente forte para me derrotar…

Não gostar de nós mesmos impede-nos de sermos felizes em qualquer momento da nossa vida, é tão importante ter confiança em nós próprios. Gostava tanto de poder olhar para mim e gostar do que vejo, mas sei que nunca vai acontecer…

Cheguei a um ponto em que prefiro ficar em casa, em vez de acompanhar a minha mãe nas últimas compras de Natal. Não me apetece enfrentar a realidade, ver pessoas magras e bonitas e olhar de novo para mim e odiar-me… Assim pelo menos, fico em casa e posso pensar na melhor forma de emagrecer, planear tudo até ao mais ínfimo por menor. Tenho 16 anos, mas já tenho 4 anos de experiência, sei muitos truques para emagrecer. Contudo, tornou-se mais dificil por ter toda a minha familia a controlar tudo o que como. Não os culpo, mas por vezes odeio-os, e como é obvio depois disto acontecer tenho nojo de mim mesma.

Queria apenas desabafar um pouco, e deixar um pouco de mim por aqui. Ana não é o meu verdadeiro nome, peço desculpa mas prefiro que o meu testemunho fique anônimo. Agradeço desde já a vossa atenção.

Um comentário:

ex ana disse...

Olá!
Sou uma ex ana. Foi dificil esquece-la. muito. mas consegui. Falas na angústia...é isso e essa angústia que faz começar e manter o inferno em que nos vamos enrolando cada vez mais...procura não odiar tanto quem te pretende controlar. Já tentaste ver o que se passa 'do outro lado'? o que para uns parece teimosia burra é doença e doença séria. procura alguém que te ajude , que te ajude mesmo a sério. e sabes, agora isto pode parecer estúpido de ler mas mais tarde, vais ver (como eu vi) que toda a energia que aplicares em sair dessa angústia vai valer a pena. vai mesmo valer a pena. dá notícias.