Pesquisar

Pesquisa personalizada

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Anorexia e a Família

A Anorexia não afeta apenas a pessoa que tem o distúrbio –' toda a família é afetada'. Cada família é diferente, mas alguns traços comuns foram identificados. Pessoas com anorexia normalmente foram crianças obedientes. Eles teriam menos tendências a ficar com raiva do que seus irmãos e fariam qualquer coisa para agradar. Eles normalmente escondiam os seus sentimentos e ansiedades. Eles podem temer fracassar e tem um desejo perturbador de agradar e de cuidar dos outros. Eles estão comprometidos a alcançar altos padrões colocados – ou que eles assumem que foram colocados por outros – por parentes, professores, mas, na verdade, essas altas expectativas são auto impostas.
Anorexia pode representar uma tentativa de demonstrar independência no controle sobre a comida e o comer. É também muito difícil para muitas pessoas entender que mesmo a comida sendo uma questão tão importante, o transtorno alimentar é, na verdade, sobre sentimentos e emoções. Isso pode levar a frustrações e maus entendidos. Muitos familiares acabam dizendo frustrados: "Por que ela apenas não come?"
Muitas famílias também acham que a pessoa com transtorno alimentar vira o centro das atenções, o que pode afetar seriamente o relacionamento entre casais, irmãos e outros parentes.

"Eu não posso ser uma anoréxica, eu não vomito, eu apenas uso laxantes e diuréticos."

Qualquer forma de purgação significa que há um problema. De fato, pode ser mais perigoso usar diuréticos e laxantes, pois eles evitam que seu corpo absorva vitaminas e minerais que você precisa para ficar saudável.. Em particular, você se arrisca a ter um problema no coração se não absorve potássio o suficiente.

Nenhum comentário: