Pesquisar

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Meu Simples Diário

17 de julho : Hoje passei o dia bem. Levantei me achando uma pessoa muito magra. (...) eu acho que todo mundo olha para mim e me acha um esqueleto... Como hoje eu tô vendo o ponto que eu cheguei, mas ao mesmo tempo sinto aquele medo, medo de engordar, medo de ficar muito magra (...) Eu queria morar com meus irmãos e minha mãe lá em Curitiba; não gosto dessa casa e nem daquela vida que eu levava. (...) me sinto infeliz e vazia por dentro quando eu entro dentro de casa. Agora de noite eu tô me sentindo uma feia, uma magricela... Mas aqui dentro de mim, tem ainda aquela angústia, aquele medo.

18 de julho : Hoje o dia foi bom, mas fiquei o dia inteiro pensando no meu corpo. Me achando feia e muito magra. Eu me olhava no espelho e pensava: ‘Olha que ridícula que eu estou, ninguém vai gostar de mim e muito menos querer me namorar. Me arrependi de ter ficado assim... Me arrependi de ter esses problemas. Também estou com muito medo de morrer, pois não estou sentindo meu corpo e meus cabelos estão caindo.

19 de julho : (...) Hoje estou com muito medo de morrer, pois fui pentear meu cabelo e caiu um monte... até me assustei! E eu não estava me sentindo bem (...) Uma vontade de comer, comer e voltar a ser feliz.

20 de julho : Fiquei quase o dia todo (...) fazendo coisas para o aniversário. Comecei a fazer as coisas e já comecei a pensar: ‘Nossa, isso é muito calórico... aquilo engorda!’. Na hora do aniversário, comi um monte de coisa, comi tudo o quê eu queria e não comia a tempo. Eu exagerei (...) Agora estou me achando uma baleia, gorda e feia. Eu quero acordar cedo amanhã e ir me pesar, se eu tiver engordado muito, começo fazer regime. Estou morrendo de medo de engordar. Estou com a “cuca” cheia, só pensando bobeira. Ai! Estou me sentindo cheia, gorda, fofinha... que horrível! Oh Deus... Me ajude a convencer a minha mãe a ir embora para Curitiba. Eu acho que engordei... tô uma baleia. Na minha cabeça está cheia de pensamentos ruins... que eu tô gorda, que eu engordei e só vou engordar daqui pra frente.

23 de julho : Me arrependi tanto de ter comido hoje. Meu pensamento está assim: ‘Se eu engordar, eu prefiro morrer!’.

24 de julho : Hoje estou bem. Estou com 46kg. Estou me achando gorda. Fazer o que?

08 de agosto : Hoje passei o dia viajando (...) Estava muito cansada, nem tive tempo de pensar no meu corpo de tanto estresse que eu estava. Nem tempo de pensar o que eu comi.

11 de agosto : Hoje acordei desanimada, triste. Ontem foi dia dos pais e eu não tenho pai para dizer “Papai, eu te amo”, por isso fiquei triste ontem, e, hoje estou triste por causa que eu queria ir embora ter minha casa. Queria ir embora daqui, não suporto mais viver aqui junto com meus avós (...).

12 de agosto : Hoje acordei bem animada, limpei tudo a casa. Só de noite q eu ue comecei a sentir uma raiva, um medo de jantar. Eu fiquei procurando as coisas para comer, mas tudo que eu via, eu achava que iria engordar. Chorei de tanto medo que eu fiquei. É horrível ter fome e ter medo de comer. Eu quero vencer esse medo, não suporto mais isso... Comi um pouco, mas estou com fome ainda... Mas não vou comer! Tudo para mim engorda.

13 de agosto : (...) Estou com saudade de estudar, só que não tenho coragem agora e também não quero ver meus amigos. De tarde comi um pão caseiro sozinha, não vi nada quando comi... só depois que eu chorei, chorei de medo de engordar... estou morrendo de medo. Discuti um monte com a minha mãe, disse um monte de coisas para ela. Eu não quero ser gorda. (...) Começou tudo de novo, o medo, a angústia, os palavrões, os gritos. Eu não sou assim; o que há comigo? Tô me sentindo uma baleia, gorda, idiota... isso que eu sou. Estou decidida a não comer mais até amanhã a tarde ou até sexta. Estou muito triste, queria ser feliz.

28 de agosto : (...) Acabei comendo um monte de coisa, depois vomitei (...) Queria ter minha casa, minha vida. É tão ruim brigas e doença. Agora estou com medo de comer, medo de engordar... Não sei se eu tô gorda ou magra.

30 de agosto : (...) acordei mal, na verdade eu nem dormi essa noite. Estava com muita falta de ar, com o corpo dormente, parecia que iria travar. Mas passou... Quando foi anoitecendo comecei a me sentir magra demais. Passei a mão no meu corpo e notei que eu estou muito magra.

01 de setembro : (...) À tarde eu estava nervosa com a minha mãe... Acabei fazendo arte, comi, comi e vomitei, depois dormi a tarde inteira e me senti feliz porque eu olhei no espelho e vi que eu não estava gorda. 16 de setembro de 2003: (...) estou pensativa sobre o que eu faço... eu devo comer ou não? Quase que eu não almocei, mas ultimamente eu ando morrendo de fome. Eu não consigo ficar mais sem comer.

20 de setembro : (...) tive uma compulsão e acabei fazendo arte. Foi horrível o medo que eu senti depois que eu comi (...) Fiquei muito envergonhada e triste (...).

24 de outubro : (...) Comi bem hoje, esqueci até o medo, só à noitinha que eu fui me pesar e fiquei quase doida, estou com 48kg (...) bem que poderia existir coisas que não deixasse a gente pra baixo como a balança. Estou pensando em entrar em regime (...).

25 de outubro : (...) Queria parar de pensar nisto, só que não consigo. (...) não consigo pensar em outra coisa a não ser em calorias, comidas, gorduras, gorda e no meu corpo. (...) provoquei vômito, mas não consegui vomitar tudo!

28 de outubro : (...) este medo me deixa angustiada (...).

17 de novembro : Hoje fui consultar com a dra Carolina... Eu queria que ela me passasse um remédio que curasse minha solidão, minha tristeza...”

(Fragmentos do diário de uma adolescente anoréxica de 16 anos)

3 comentários:

brenda disse...

nossa..!Eu estou me achando muito gorda,eu quero imagrecer...mas eu to morrendo de medo de ficar com essa doença..eu estou me sentindo muito mau,quando eu me olho no espelho me da vontade de chorar...
eu quero ajuda...mas no meu caso é dificil..pq minha mae nao me ajuda fazer um regime saudavel...e eu acabo fazendo do meu jeito.."nao comer"é muito ruim..=(

Anônimo disse...

Se cuida ! Se sua mãe nao lhe ajuda fazer um regime de forma saudavel, procure uma nutricionista ... so fuja desse mundo terrivel que é a anorexia

Rodrigo Brito disse...

Tive o mesmo problema que o seu, conhecidência ou não, cheguei pesar 46 kg, e me achava uma baleia ambulante. Eu pesava 94kg. Sabe qual o problema? Ansiedade + Mente Vazia. Procure se ocupar com alguma coisa que você goste, por mais que é impossível, pois a comida e a magreza é o que mais te importa no momento.. A Ansiedade talvez, seja pra que você possa ir embora pra sua casa e se manter magra... Procure uma atividade fisica, e come de tudo um pouquinho, sem medo. uma porção de cada coisa na hora certa, não irá te fazer engordar... Fique na paz, bjs.