Pesquisar

Pesquisa personalizada

sábado, 24 de janeiro de 2009

História

Nos últimos trinta anos,iniciou um padrão de beleza por trás do padrão de magreza quase esquelética imposto pela mídia estão mensagens do tipo "ser magra é ser bela, portanto, feliz". Esse reducionismo começou com a modelo Twiggy nos anos 60 e ganhou força nos anos 90 com seu clone Kate Moss. Isso ajudou no surgimento dos distúrbios alimentares, entre eles os mais conhecidos são a bulimia e anorexia. Mulheres,ávidas por um corpo esbelto e sem curvas travam uma verdadeira "luta" contra seu próprio corpo na ânsia de emagrecer,mesmo sem necessidade . Apesar de datar da idade média o primeiro caso da doença surgiu em 1694, com uma jovem que teve suas menstruações paradas, sua pele mais flácida e seu rosto empalidecido. Ela não tinha febre, conversava normalmente, porém assemelhava-se a um esqueleto, era muito ativa, não tinha apetite e sua digestão era mínima, apresentando assim características semelhantes a quem sofre da doença atualmente.
Não sou médica ou psicóloga, mas posso dizer que sei muito sobre esse "distúrbio", pois, não só li muito sobre o assunto como atravessei um difícil período de quatro anos com a doença, sabendo como é duro conviver com ela e a curar, ou ao menos, a tratar.

Nenhum comentário: